A boa notícia é que podemos tornar este caminho, um processo orgânico e sem pesados investimentos, com boas práticas de SEO, facilitando assim o tráfego do usuário guiando-o até o final do funil de vendas, para que enfim tenhamos a tão esperada, conversão!

Estar na internet hoje em dia, deixou de ser artigo de luxo para ser um artigo de sobrevivência econômica das empresas. E nessa busca por novos clientes, é comum vermos alguns erros e enganos como por exemplo gastar horrores em anúncios do Google ADS e pensar que o fato de se investir muito, automaticamente teremos resultados imediatos e que estes resultados pagarão as contas da noite para o dia. Este erro é muito comum de acontecer, afinal, somos tentados a pensar que, se estamos na internet e pagamos para uma empresa que domina este mundo, então esta empresa chamada Google tem a obrigação de nos entregar novos clientes e que estes obrigatoriamente comprem nossos produtos ou serviços. 

Infelizmente não é colocando verbas absurdas nos anúncios do Google ADS ou Facebook que teremos bons e rápidos resultados em conversão, mas a boa notícia é que podemos tornar este caminho, um processo orgânico sem pesados investimentos, com boas práticas de SEO, facilitando assim o tráfego do usuário guiando-o até o final do funil de vendas, para que enfim tenhamos a tão esperada, conversão!

Temos como objetivo neste artigo, mostrar-lhe as principais práticas de SEO e como você mesmo pode fazê-las em sua loja virtual para ter mais resultados orgânicos nos buscadores da internet. Então vem com a gente que nós sabemos do que estamos falando.

SEO para e-commerce

Antes de começarmos a falar sobre as práticas de SEO, é importante entender que este é um trabalho de longo prazo. Porém é indispensável para que você como lojista no ambiente digital tenha sucesso e alcance bons resultados sem investir pesado em anúncios pagos.

Sendo assim, é muito mais fácil e estratégico, desenvolver seu SEO para e-commerce já no início da aquisição de sua loja virtual, evitando desgaste de energia correndo atrás do prejuízo quando seus concorrentes estiverem nos primeiros resultados nas pesquisas do Google. 

SEO, um breve conceito e significado

A palavra SEO é uma abreviação da palavra em Inglês Search Engine Optimization, que em tradução livre e direta para o Português - BR significa Otimização para Motores de Busca, ou seja, são estratégias de uso dos termos de pesquisa em ordem lógica e em lugares específicos em sua loja virtual, para que ela seja encontrada nos buscadores da internet como o Google, Mozilla Firefox, entre outros,

Agora que você já sabe do que se trata este tal de SEO, vamos para o que realmente interessa. Deixar sua loja um verdadeiro campo de estratégia para ranqueamento orgânico.

Qual nosso objetivo?

Nosso objetivo com este artigo é tornar sua Loja Virtual mais visível e relevante para o Google (ou qualquer outro motor de busca que seu usuário esteja usando) colocando-a na primeira página de pesquisa, para que o buscador entenda do que se trata nosso site.

É fundamental entendermos como o Google trabalha para entregar ao usuário o melhor resultado do termo de pesquisa inserido.

 O Google trabalha com robôs que passeiam nos sites e lojas virtuais da internet coletando informações e analisando se este site ou loja virtual estão aptos a receber o usuário, de forma a entregar para o mesmo a plataforma mais qualificada para o que ele busca. Para que este robô tenha com o que comparar se sua Loja Virtual é “amigável” para o usuário ou não, ele utiliza o que chamamos de "algoritmos". Basicamente seu site deve cumprir com estes algoritmos ou parte deles, afinal o Google trabalha com uma base de mais de 200, por isso vamos focar em melhorar as coisas que trazem mais resultados.

Abaixo temos uma pequena lista de algumas das principais coisas que podemos melhorar para que o Google veja sua Loja Virtual como algo relevante:

  • Domínio do site ou loja virtual;
  • Estrutura da URL;
  • Títulos da página (h1);
  • Subtítulos da página (h2);
  • Descrição da página (meta description);
  • Estrutura da página (rich snippets);
  • Nome de nossos produtos;
  • Descrição dos produtos oferecidos;
  • Categorias da Loja Virtual;

Algo importante para saber: você deve ter notado que em alguns dos itens descritos acima temos a presença de alguns códigos como h1, h2, meta description, entre outros. Estes códigos fazem parte da estrutura de programação da sua Loja Virtual. O SEO anda de mãos dados com estes códigos, por isso falamos no início deste artigo que as técnicas de SEO são estratégias de uso dos termos de pesquisa em ordem lógica e em lugares específicos em sua loja virtual.

1º Passo - Quais termos de pesquisa (palavras-chave) são mais usadas

Para começar do jeito certo sua estratégia de SEO, é essencial que você saiba quais são os termos de pesquisa que seus potenciais clientes utilizam para encontrar sua Loja Virtual na internet. Os termos de pesquisa variam de acordo com seu mercado de atuação. Por exemplo: se você é tem uma loja de tênis esportivos, então seus usuários estarão buscando por palavras como “comprar tênis esportivo na internet; tênis de corrida preto” entre outros termos relacionados a sua Loja Virtual. Portanto, é muito importante entender quais são os termos mais utilizados por seu público alvo, pois a escolha certa destas palavras-chaves terão impacto positivo para seu negócio!

A ideia desta pesquisa é que você colete o máximo de dados possíveis que te ajudarão a desenvolver uma estratégia de SEO independente de qual o estágio atual da sua Loja Virtual.

Ferramentas para fazer pesquisa de palavras chave

Existem várias ferramentas na internet à disposição da sua Loja Virtual. Temos opções pagas e gratuitas, vale listar aqui quais as mais utilizadas, de forma geral, por todos os lojistas preocupados em estarem na primeira página de pesquisa. Abaixo uma pequena lista de quais ferramentas utilizar:

Ubersuggest: Esta ferramenta é uma das melhores à nossa disposição. Foi desenvolvida por Neil Patel, Autor best seller do New York Times. Está entre os 10 melhores profissionais de marketing. Esta ferramenta lhe entregam dados extremamente confiantes com alguns pontos destacáveis como por exemplo: volume de buscas, custo por clique, tendência, gráficos, entre outros. Porém esta ferramenta é limitada para a pesquisa de termos, ou seja, você pode buscar por até 4 termos diferentes, após isso, é obrigatório ser assinante da plataforma. O recurso gratuito de 4 termos estará disponível após 24h.

Planejador de palavras chave do Google Adwords: Para utilizar esta ferramenta é necessário que sua Loja Virtual tenha uma conta no Google ADS e uma campanha de anúncio (pago) rodando . Nesta plataforma você encontrará o planejador de palavras chave. Se você não tem verba disponível para rodar uma campanha de Google ADS, você pode investir um valor baixo de R$ 10,00 e em seguida pausar o anúncio, desta forma você terá acesso a ferramenta.

Google Trends: Esta é uma ferramenta gratuita do próprio Google, que da mesma forma como o Ubersuggest lhe traz informações confiantes, a diferença é que seus dados são medidos com base em dias anteriores, não são dados apurados instantaneamente, mas são confiáveis e lhe dão uma boa base para começar. Além disso, é possível ver quais são as regiões onde os termos de pesquisa são mais utilizados. Com esta plataforma é possível ainda, realizar a comparação de termos, sendo assim, você tem uma noção de qual o termo mais forte para utilizar em suas estratégias de SEO.

Usando as palavras-chave encontradas

Agora que sabemos quais ferramentas usarmos para realizar a busca por palavras-chave, vamos usá-las da forma correta par ranquear nossa Loja Virtual! Você pode fazer isso de diversas formas, independente de qual estágio esteja o desenvolvimento do seu negócio na internet.

Para facilitar seu entendimento, vamos para um exemplo prático de como fazer isso. Na pesquisa realizada acima no exemplo, utilizamos o Google Trends para buscar e comparar termos de pesquisa utilizados nos últimos 30 dias para uma Loja Virtual de tênis esportivos. Com base nos dados obtidos pela ferramenta descobrimos o seguinte:

Tênis de corrida: 100% das pesquisas

Tênis esportivo: 60% das pesquisas

Tênis para academia: 53% das pesquisas

Tênis esportivo feminino: 30% das pesquisas

Tênis esportivo masculino: 10% das pesquisas

Domínio e porque a escolha da palavra chave é importante.

Bom, eu já sei que o Google leva em consideração o domínio da minha Loja Virtual para determinar qual o assunto mais relevante para meu site. Segundo os dados do Google Trends, das palavras que encontrei, a que mais se encaixa em meu nicho de mercado seria tênis esportivos. Quando faço a junção destas duas informações posso fazer um domínio que contenha a palavra “tênis esportivo” no singular ou plural, por exemplo:

tenisesportivosbecocwb.com.br

Caso você já tenha uma Loja Virtual e um domínio, você pode fortalecer esta ligação do nome da sua loja com segmentos no título da página inicial.

Título, a primeira impressão!

Já com o Domínio de sua Loja Virtual escolhido, é hora de criar um título chamativo e interessante na página inicial da sua Loja. Procure usar termos que encontrou nas ferramentas de pesquisa das Palavras-chaves. Neste caso, poderíamos fazer algo neste sentido:

Tênis Esportivos Beco CWB - Os tênis esportivos mais confortáveis para ter saúde e qualidade de vida.

Descrição, ranqueando sua Loja Virtual 

Depois de escolhermos um título legal para sua Loja Virtual, é a hora de colocarmos uma descrição interessante e fazer a ligação repetindo a palavra-chave que estamos tentando ranquear. Seguindo o nosso exemplo, seria interessante trabalhamos desta forma:

“Procurando Tênis Esportivos com melhores preços clique e confira: tênis para caminhada, tênis esportivos para academia, tênis esportivos femininos, tênis esportivos masculinos para você ter mais qualidade de vida.

Categorias, deixe claro para o leitor 

Categorizar seus produtos em sua Loja Virtual é primordial não só para ranqueamento orgânico, mas também para que seu potencial cliente consiga navegar em sua plataforma sem nenhuma dificuldade. Imagine que você tenha um espaço físico e seus clientes entram em seu estabelecimento procurando por tênis esportivo. Ao chegar na loja, encontram uma prateleira enorme cheia de tênis, porém todos definidos apenas por cores. Certamente vai causar uma confusão na cabeça do cliente e dificultar o processo de busca pelo produto que vai atender a sua necessidade, pois na seção de tênis verdes, ele tem uma variedade de tênis não necessariamente apenas esportivos, mas tênis social, tênis para andar de skate, entre outros. Facilite a vida do seu cliente, o Google gosta disso.

Dependendo dos produtos da sua loja você pode usar palavras-chaves que tem busca como nome das suas categorias. Em nosso exemplo poderíamos criar as seguintes categorias:

Tênis esportivos, tênis para corrida, tênis para treinos de academia, tênis masculinos, tênis feminos (é importante que os produtos anunciados realmente sejam vendidos, não tente enganar o Google).

2º Passo - Cadastro de produtos. Sim, eles devem conter estratégias de SEO

Nos parágrafos anteriores nós falamos sobre como uma pesquisa de palavras-chave pode te ajudar a escolher as categorias, descrição, título e até mesmo o domínio da sua Loja Virtual, a mesma regra se aplica aqui, a diferença está em que como você á tem o produto, precisa apenas realizar uma pesquisa de palavras-chave usando o próprio nome do produto.

Além do uso das palavras-chave é importante entender qual o objetivo da descrição do produto na Loja Virtual. Provavelmente você já acessou algum site onde a descrição do produto era apenas um título maior que o anúncio do próprio produto. Por exemplo: título do produto: Notebook Samsung I5, 500gb Ram. Descrição do produto: Notebook Samsung I5 de 9ª geração com 500 gigas de memória Ram na cor branco. Quando lemos uma descrição deste tipo, não pensamos duas vezes e saímos da Loja Virtual e procuramos outra.

A descrição do seu produto na Loja Virtual deve ter como objetivo os principais pontos:

Apresentação geral do produto: Aqui, você apresenta de forma clara e objetiva o seu produto. Fale de seus atributos, características e seus diferenciais competitivos

Sanar dúvidas do cliente: Muito provavelmente seu cliente está realizando pesquisa para decidir onde comprar o que ele precisa. Portanto é importante que sua descrição soe como uma resposta para alguma dúvida do seu potencial cliente como por exemplo: Este notebook serve para jogos?

Descritivo técnico: Aqui é muito importante falar sobre as dimensões do produto, qual seu material, se for elétrico, qual sua voltagem, durabilidade de bateria, entre outros.

Benefícios do produto: Falar abertamente quais benefícios seu cliente terá ao adquirir seu produto

Outros pontos importantes para se levar em consideração ao cadastrar um produto em sua Loja Virtual:

Título descritivo e completo do produto, use modelo, cor, tamanho e qualquer outra informação que seja relevante .

Trabalhe bem a descrição do seu produto (descrição é diferente de meta description), ainda que você ofereça o mesmo produto que seus concorrentes, explore a descrição customizada para seus produtos, adicione o máximo de informações . Em seus subtítulos (h2) que repetem a palavra-chave dão foco ao título, isso ajudará o Google a entender melhor do que se trata seu conteúdo.

Crie uma meta description que fortaleça o palavra-chave presente no título. ( Lembrando Meta Description é a descrição que aparece na busca do Google ).

Crie endereços amigáveis, para seus produtos ( boas plataformas de e-commerce tem essa funcionalidade. ) Abaixo duas urls um exemplo ruim e um bom, vendo somente o endereço da página o usuário já consegue saber do que se trata.

www.sualojavirtualexemplo.com.br/produto?1 ( RUIM )

www.sualojavirtualexemplo.com.br/iPhone-x-256gb-preto ( BOM ) possíveis, adicione fotos do produto e tente criar uma experiência rica para o visitante, isso sem dúvida irá aumentar suas chances de conseguir uma boa posição no Google.

Otimize as imagens dos produtos

Ter uma foto excepcional do seu produto em sua Loja Virtual é item obrigatório para que sua loja seja referência para o usuário. Porém, não basta tirar uma foto qualquer e subir em sua loja virtual. É importante respeitar as regras de tamanho da propriedade do arquivo e manter uma proporção padrão de pixels como por exemplo 1000x1000. Além disso é interessante que suas fotos sejam salvas em formato JPEG,

Tome cuidado ao subir uma foto mal otimizada em sua Loja Virtual, isso conta pontos negativos para o ranqueamento orgânico da sua Loja. Use ferramentas gratuitas na internet como por exemplo o Compress JPEG, onde você pode diminuir a gosto a qualidade da imagem comprimindo seu tamanho.

A compressão da foto do seu produto é importante para que seu site carregue mais rápido as informações do produto anunciado, pois quando sua Loja Virtual está carregada de imagens pesadas, isso faz com que seu site fique mais lento e consequentemente ruim para a experiência do usuário.

3º passo - Implemente dados estruturados (Rich Snippets) no design da sua Loja

Dados estruturados nada mais são que marcações (código html) que você adiciona a sua página para passar informações adicionais ao Google Bot. No início deste artigo, mencionamos sobre os algoritmos e os pontos em que o robô do Google avalia para definir se seu site é qualificado para o cliente ou não. A estrutura Rich Snippets faz parte do algoritmo, portanto vale (e muito) a pena adicioná-lo em sua Loja Virtual. 

Quando o Google avalia sua página ele lê esses códigos e o mostra na busca, por exemplo se sua loja tem um sistema de avaliações que permite que os usuários avaliem os produtos, você pode usar o dados estruturados para exibir a nota do produto diretamente na busca.

4º Passo - Cadastre sua loja no Google Search Console

Domínio pronto, descrição da loja tudo em ordem, cadastro de produtos impecáveis e base configurada, agora chegou a hora de acompanhar seus resultados, para isso vamos usar o Google Search Console. Para começar, crie uma conta clicando aqui.

Com esta ferramenta, você pode acompanhar a performance da sua loja no buscador do Google, ela te mostrará diversas informações úteis e ricas de insights como: 

Quais as palavras chaves mais utilizadas por pessoas que chegam sua loja, erros de rastreamento, e sites que linkam para sua loja e muitas informações que podem te ajudar a melhorar seu SEO, além disso no Google Search Console, você poderá enviar um sitemap com as urls para que o Google comece a rastrear seu site.

No começo essas informações não serão muito ricas, pois o processo de resultados de estratégias em SEO demanda esforço e tempo, no entanto com o passar do tempo novas informações serão coletadas e o Search Console se tornará uma das ferramentas mais importantes para montar sua estratégia de SEO.

5º Passo - Crie uma conta no Google Analytics

Com o Search Console você terá informações ricas e bons insights de como seu site está aparecendo nos resultados do Google, já com o Google Analytics, você terá acesso a informações de comportamento dos usuários dentro do seu site, ou seja, quantas pessoas por dia, semana ou mês acessam sua Loja Virtual, quais as páginas mais visitadas, taxa de rejeição, tempo médio de permanência na página, links clicados, dados demográficos, entre outros.

Dica valiosa: Tenha em sua rotina analisar os tráfegos e pesquisas da sua Loja Virtual no dia anterior, Separe ao menos 1 hora ou 1 hora e meia do seu dia, para analisar como está indo sua loja virtual e compare termos de pesquisa com os termos atuais, fazendo isso você fará com que sua Loja Virtual esteja atualizada e acompanhando o mercado em tempo (quase 100%) real.

Finalizando - Porque agora é com você!

Melhorar o SEO da sua Loja Virtual é um trabalho constante que demanda esforço e trará resultados a longo prazo! Existem inúmeros práticas de SEO que você pode utilizar, Neste artigo, tentamos, de forma bem prática e objetiva te passar as informações mais relevantes para você ter o máximo de resultados.

E lembre-se o “business” do Google é a busca e o objetivo é sempre entregar o melhor resultado para o usuário para que o mesmo sempre volte, então seu objetivo deve sempre ser o de ter o melhor conteúdo acima de qualquer coisa e no fim você vai conseguir boas posições.

Aqui encerramos nosso primeiro Blog! Esperamos que este artigo te ajude de alguma forma e te abra os horizontes para fazer com que seu negócio decole na internet. Gostou? Deixe seu comentário e compartilhe este link com um amigo.

0 Comentários

Escreva um comentário